• Tannat, a casta tinta que é destaque no Uruguai

    15 de abril, 2021

    Dentre as castas tintas está a uva Tannat, que, apesar de ter como maior área de cultivo o Uruguai, na verdade é originária do sudoeste da França e foi aclimatada no país da América do Sul no século XIX, trazida por imigrantes bascos espanhóis.

    Os vinhos feitos com Tannat são bem estruturados e complexos e normalmente tem elevado teor alcoólico, com aromas, por exemplo, de frutas vermelhas maduras e especiarias. Na boca, traz a presença forte de taninos que inclusive é o significado da palavra Tannat. 

    Hoje em dia, as vinhas de Tannat ocupam mais de 1/3 da área plantada do país. Vale um destaque para o rótulo incrível que degustei na bodega familiar Establecimiento Juanicó: Don Pascual Shiraz Tannat safra 2002, vinho de 17 anos, da que foi considerada a segunda melhor colheita dos últimos 40 anos da vinícola.

    Fiz uma seleção de 5 tannats uruguaios que mais gosto, considerando que o país tem várias regiões produtoras como Canelones, por exemplo, e cerca de 280 vinícolas, como Juanicó, Bouza, Bodega Artesana, Pizzorno e Viña Edén:

    • Artesana tannat safra 2017 (3)
    • Viña Edén tannat reserva (4)
    • Pizzorno Tannat Maceración Carbónica 2018 (1)
    • Don Pascual Crianza en Roble Tannat safra 2017 (5)
    • Bouza Tempranillo Tannat (2)

Raquel P. Fejgiel

Criei o blog em 2014, com a intenção de escrever sobre moda, gastronomia, lifestyle, beleza e viagens. Sou formada em Jornalismo na UFRJ, Produção de Moda pela Puc-Rio e Branding no IED Rio. Entre vários cursos que fiz na área de moda estão alguns como "Marcas que fazem a Moda no Rio" na Casa do Saber, Personal Stylist e Jornalismo de Moda no Instituto Rio Moda.

See more

Instagram

This error message is only visible to WordPress admins
Error: No posts found.

Newsletter

Advertising